Desenvolvimento Sacerdotal

DESENVOLVIMENTO SACERDOTAL

Explicando o nosso método de trabalho:

A partir deste mês (fevereiro/17), o desenvolvimento mediúnico do CUBJ está encerrado!

Visando ter médiuns com conhecimento de qualidade e maior aproveitamento de sua mediunidade, nós decidimos que “girar” apenas é pouco, e que a informação deve ser passada abertamente, uma vez que o que ensinamos é religião, e não através de cursos para pagar financiamento de casa e carro, muito menos para sustentarmos nossas casas de morada.

Decidimos então juntar o que é conhecido como “curso de teologia, doutrina e sacerdócio”, ao que ontem chamávamos de “desenvolvimento mediúnico” e resultou no que a partir de hoje em nossas dependências, será chamado de “DESENVOLVIMENTO SACERDOTAL”, seguiremos os princípios do Templo de Anubis (Egito), ou seja, os médiuns que temos em nosso corpo mediúnico passaram a ter todo conteúdo religioso durante as aulas de desenvolvimento, passaram a fazer parte de um grupo preparado apenas para atendimento. Sim, este é a partir de agora o nosso foco. Não abriremos vagas para novas turmas de desenvolvimento, nos ateremos ao fato de apenas atendermos. O foco desta casa agora é preparar médiuns apenas para atendimento e com conhecimento mais aprofundado.

 A cada dois anos abriremos vagas com um número muito limitado para novos médiuns, na verdade condicionado à quantidade de médiuns que se desligarem da casa, a proposta é que o médium entre para desenvolver sua mediunidade tendo juntamente com o desenvolvimento o conteúdo do curso de teologia, doutrina e sacerdócio na pratica, dessa maneira ele ao termino de um ano e oito meses terá tido informação religiosa suficiente para decidir se QUER continuar na casa e trabalhar nas giras de atendimento ou se prefere seguir seu caminho.

NÃO FORMAREMOS SACERDOTES NO ATACADO, nem ridicularizaremos o então curso ministrado por muitas casas, apenas adotamos a política de que os médiuns da casa, para atender, deverão possuir um mesmo nível de conhecimento coletivo, e que todos o terão gratuitamente, pois já pagam a mensalidade de manutenção do espaço, o que muda é que ao invés de virem girar e ficarem procurando informação fora, a terão tudo no mesmo lugar e que ao termino de 1 ano e 8 meses, estarão atendendo na mesma casa que aprenderam, não precisaram sair procurando onde dar continuidade.

Nossa ideia não é propagar o conhecimento e leva-lo a um grande número de pessoas, pois isso muitas casas já o fazem e muito bem.

A nossa proposta é ter no atendimento da casa, médiuns com melhor aproveitamento de sua mediunidade e com qualidade semelhante entre todos. Vamos dar aos médiuns da casa o que eles de fato buscam e precisam para dar continuidade ao trabalho iniciado a mais de um século pelo fundador da Umbanda.

Não vamos “vender curso de instrução religiosa para médiuns” e depois simplesmente deixá-los à deriva, serão preparados para atenderem com maestria em nossas dependências.

Vamos abrir vagas para o “Desenvolvimento Sacerdotal” ao número máximo de 80 médiuns. E novas vagas surgirão a cada dois anos na mesma quantidade de médiuns que deixarem a casa, em razão deste sistema adotado, estaremos adotando o termo “Templo Escola” e retirando o atual “colégio” de nossa nomenclatura para os próximos meses.

Aproveito a ocasião para deixar claro que não estamos virando indústria de dirigentes, e sim nos limitaremos ao nosso número máximo de lotação para atendimento, este será o número de médiuns que teremos, e novas vagas somente a cada dois anos e na mesma quantidade de médiuns que deixarem a casa, do contrário, não havendo saídas e nem desistências, novas vagas não serão abertas, e para o corpo mediúnico da casa, TODO o conhecimento de cunho religioso será aberto sem ser cobrado nada a parte.

Respeitamos o trabalho de outras casas que tem a abertura do curso para pessoas de fora, mas como disse anteriormente, estas casas tem a função de propagar a religião além dos atuais números e limites que temos hoje, a nossa proposta é a de qualificar médiuns da casa, não sermos um ponto propagador, mas sim um local apenas de atendimento ao público e lapidação dos membros da casa, não seremos mais um local de aprendizagem aberta a todos.

Cursos extras, não ligados aos trabalhos da casa, serão ministrados por terceiros em dias diferentes e não terão a participação dos membros da casa, pois os mesmos terão em sua grade anual TODOS os cursos que a casa oferecer ao público em aberto.

Nosso período de inscrição para o “Desenvolvimento Sacerdotal” (como denominamos) está aberto a partir de hoje até dia 21 de março, inscrições pelo e-mail: contato@cubj.com.br